O PAT

PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO AO TRABALHADOR

Instituído através da Lei nº. 6.321, de 14 de abril de 1976, o PAT beneficia prioritariamente os trabalhadores com rendimento entre um a cinco salários mínimos.

A alimentação adequada inserida nos propósitos da segurança alimentar e nutricional é objetivo que se faz presente no PAT.

As empresas que fornecem o benefício da alimentação aos seus funcionários podem optar por esse sistema, obtendo, inclusive, benefícios fiscais.

Conheça mais sobre o Programa no endereço www.mte.gov.br.

VANTAGENS PARA A EMPRESA

- AUMENTO DE PRODUTIVIDADE;

- MAIOR INTEGRAÇÃO ENTRE TRABALHADOR E EMPRESA;

- REDUÇÃO DO ABSENTEÍSMO (ATRASOS E FALTAS);

- REDUÇÃO DA ROTATIVIDADE;

- ISENÇÃO DE ENCARGOS SOCIAIS SOBRE O VALOR DA ALIMENTAÇÃO FORNECIDA;

- INCENTIVO FISCAL (DEDUÇÃO DE ATÉ QUATRO POR CENTO NO IMPOSTO DE RENDA DEVIDO).

VANTAGENS PARA O TRABALHADOR

- MELHORIA DE SUAS CONDIÇÕES NUTRICIONAIS E DE QUALIDADE DE VIDA;

- AUMENTO DE SUA CAPACIDADE FÍSICA;

- AUMENTO DE RESISTÊNCIA A FADIGA;

- AUMENTO DE RESISTÊNCIA A DOENÇAS;

- REDUÇÃO DE RISCOS DE ACIDENTES DE TRABALHO.

VANTAGENS PARA O GOVERNO

- REDUÇÃO DE DESPESAS RELATIVAS À SAÚDE DO TRABALHOR;

- CRESCIMENTO DA ATIVIDADE ECONÔMICA;

- BEM-ESTAR SOCIAL.

VANTAGENS PARA OS ESTABELECIMENTOS

- MEIO DE PAGAMENTO SEGURO, COM RECEBÍVEIS DE ALTA LIQUIDEZ;

- BAIXÍSSIMO ÍNDICE DE FALSIFICAÇÃO, INCLUSIVE EM RELAÇÃO A CÉDULAS, MOEDAS E CHEQUES;

- MAIOR FATURAMENTO, EM FUNÇÃO DO PODER DE COMPRA AUMENTADO AOS TRABALHADORES.